Confiança do comércio atinge maior nível desde abril de 2014

Varejo na região de Ribeirão Preto gerou 213 empregos com carteira assinada em 2017
27 de fevereiro de 2018
Economia brasileira cresce 1% em 2017, mostra IBGE
1 de março de 2018

Alta vem com expressivo avanço dos indicadores de satisfação com a situação atual, retratando um quadro de recuperação de vendas

A confiança do comércio cresceu 0,4 ponto em fevereiro, para 95,5 pontos, o maior nível desde abril de 2014 (97,8), segundo informou nesta terça-feira (27) a Fundação Getulio Vargas (FGV).

“Um aspecto positivo dos resultados do primeiro bimestre de 2018 é o expressivo avanço dos indicadores de satisfação com a situação atual, retratando um quadro de recuperação de vendas e margens. No extremo oposto, o retorno do indicador de expectativas a um patamar inferior aos 100 pontos sugere que a recuperação continuará ocorrendo de maneira gradual”, avalia Rodolpho Tobler, coordenador da Sondagem do Comércio da FGV IBRE.

A alta ocorreu em 8 dos 13 segmentos pesquisados e foi determinada pela melhora no índice de situação atual, que avançou 4,8 pontos, atingindo 92,8 pontos, maior resultado desde agosto de 2014 (93,1). Já o índice de expectativas caiu 4 pontos no mês, para 98,4 pontos.

Segundo a FGV, a melhora do índice de situação atual é reforçada pela melhora no indicador que retrata o desconforto do comércio, construído a partir da soma das proporções de empresas que apontam fatores limitativos à melhoria dos negócios tipicamente relacionados ao desconforto empresarial, como demanda insuficiente, custo financeiro e acesso a crédito bancário. A relação entre os dois indicadores (alta de um e queda de outro) tem sido historicamente forte, o que reforça a sinalização de recuperação gradual do setor.

Fonte: G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *