Mercado prevê vendas em alta no Dia das Crianças e dá dicas de compras

Confiança do empresário paulistano interrompe sequência de cinco quedas e avança 1,4% em setembro
3 de outubro de 2018
Dia das Crianças deve movimentar R$ 9,4 bilhões no varejo, aponta pesquisa
5 de outubro de 2018

Consumidor precisa ficar atento às despesas futuras de todo início de ano

A área de Indicadores e Estudos Econômicos da Boa Vista SCPC projeta um crescimento em torno de 2,5% nas vendas neste Dia das Crianças, na comparação com 2017. Com isto, o movimento do comércio na data deve registrar resultado positivo pelo segundo ano consecutivo, após as quedas observadas em 2015 e 2016 (-3,4% e -4,2%, respectivamente).

Mas, apesar do otimismo, a Boa Vista também dá dicas de compras econômicas. A área de Serviços ao Consumidor da Boa Vista fala em planejamento, tomada de decisão, pesquisa, compras online e atenção às compras pela internet. A Boa Vista é precursora do Cadastro Positivo, banco de dados com informações sobre o histórico de pagamentos, que deixa a análise de crédito mais justa e acessível.

Vendas

O crescimento de 2,5% em 2018, porém, deve ser ligeiramente inferior aos 2,7% registrados no ano passado. Segundo os economistas da Boa Vista SCPC, por causa do alto nível de desemprego e da queda da confiança, já é possível notar sinais de enfraquecimento das vendas do varejo, o que tende a se refletir no movimento das datas comemorativas.

Ainda assim, conforme observado nas demais datas comemorativas de 2018, deve haver alta das vendas. De acordo com dados da Boa Vista SCPC, sempre na comparação com 2017, o movimento do comércio cresceu 3,2% na Páscoa, 4% no Dia das Mães, 2,2% no Dia dos Namorados e 2,8% no Dia dos Pais.

Para economizar

Confira como está o orçamento e, em caso de crediário, como o valor parcelado impacta nos próximos meses. Lembre-se que com a proximidade do final do ano há a necessidade de preparar o orçamento para as despesas como: IPTU, IPVA, matrícula escolar, entre outras. Portanto, evite parcelamentos longos ou presentes que possam comprometer a vida financeira

Tome decisões em família

Converse com todos os membros da família, incluindo as crianças, e alinhem juntos o valor dos presentes. Se a criança pedir algo que não se encaixe neste momento no orçamento, explique que não será possível e optem por algo mais em conta

Pesquise preços

Evite ir às compras antes de pesquisar preços. Há alguns aplicativos e sites que podem auxiliar neste momento. Você pode verificar quais lojas têm o produto desejado e ainda analisar o histórico de preço dos últimos meses

Compras na internet

Ao optar pela compra online é importante atentar-se ao prazo de entrega. Por ser uma data de maior movimento do comércio, os prazos podem sofrer alterações, então, não deixe para a última hora. Se possível, antecipe a compra do presente para ter uma “margem de segurança” de entrega, em caso de atraso. Lembre-se de considerar a taxa de envio no valor total do presente.

Custos adicionais

Verifique se o presente escolhido necessita de itens adicionais. A escolha de um videogame, por exemplo, costuma estar associada a outros acessórios como controle extra, jogos e cartões de memória.

Defina o valor – Antes de ir às compras defina um limite de gastos para cada item, assim você evita fazer compras por impulso e gastar mais do que poderia

Fonte: Serviços ao Consumidor da Boa Vista

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *