Serviços despencam 4% em março e anula ganhos de 9 meses de pandemia

Inflação desacelera em abril, mas bate 6,75% em um ano; meta do governo é 3,75%
11 de maio de 2021
14 de maio de 2021

Novas restrições impostas à mobilidade para conter o avanço da Covid-19 fazem setor interromper nove meses seguidos de alta

Restaurante
Arquivo pessoalRestaurante

O setor de serviços caiu 4% em março , na comparação com fevereiro, segundo dados divulgados nesta quinta-feira pelo IBGE.

Com o resultado, o setor interrompe nove meses seguidos de taxas positivas, segundo o IBGE. Até fevereiro, houve crescimento acumulado de 24%, que superava a contração de 18,6% quando o setor despencou entre os meses de março e abril do ano passado.

Na comparação com março do ano passado, o volume do setor de serviços teve alta de 4,5%. Em 12 meses, porém, o setor de serviços ainda registra queda de 8%.

Piora da pandemia e desaceleração do setor

Os números do IBGE referentes ao desempenho do setor de serviços em abril só serão divulgados em junho, mas, diante da piora da pandemia, há uma tendência de que alguns segmentos mais sensíveis às restrições devem apresentar nova redução na atividade.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *